Jardim%20Botanico%20%20by%20Rafael%20%20
LOGO Kallisté Branco (3).png

Kalliste  Turismo

´

Jardim Botânico  de  Curitiba - Paraná

Passeio Curitiba Étnica

“Trilhando a Cultura Étnica e suas Tradições”

Curitiba é acolhedora e impressiona pela diversidade de atrativos para você passear, observar muito verde e flores nas praças e parques, nos memoriais dos imigrantes italianos, alemães, poloneses, japoneses, ucranianos, árabes, israelenses, portugueses, espanhóis, e muitos outros de diversas nacionalidades.

. Jardim Botânico e Jardim das Sensações/ Ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminski/

  Universidade Livre Meio Ambiente/ Parque Tanguá / Museu Oscar  Niemeyer (Museu do Olho) /

  Bosque Papa João Paulo II, Memorial e Portal Polonês / Centro Histórico-Largo da Ordem / 

  Rua das Flores “Boca Maldita”/   Rua 24 Horas/ até os ônibus de transporte urbano são

  atrações com suas Estações Tubo e seus terminais nas ruas da Cidadania.   

  Aos domingos o Largo da Ordem – Centro Histórico uma imensa Feira de Artesanato.

Paço da Liberdade.jpg
Museu 2480 ...BR......jpg

Passeio Noite Curitibana

“Apreciar a Noite Curitibana”

Passeio panorâmico passando por atrativos turísticos mais iluminados de Curitiba, Rua das Flores, Rua 24 horas, Jardim Botânico, Centro Histórico Largo da Ordem, diversas praças e monumentos, Igrejas e diversos credos e arquitetura própria, Museu do Olho (museu Oscar Niemeyer), bairro Batel (local de restaurantes e bares), seguindo até a um restaurante no bairro gastronômico de Santa Felicidade.

Passeio Curitiba dos Curitibanos

“Vivenciar o dia a dia curitibano”

O passeio começa na menor avenida do mundo, Av. Luiz Xavier – conhecida como “Boca Maldita”.

Toma-se um cafezinho em tradicional cafeteria.

Passeia-se à pé por entre atrativos turísticos culturais, antigos e modernos. Numa das estações tubo, embarca-se em ônibus público, passando por diversos bairros e parando numa das Ruas da Cidadania. Retorno de ônibus ao centro da cidade.

Passeio Curitiba Polonesa

“Trilhando a Cultura Polonesa e suas Tradições”

Portal Cl. Murici...BR,,,,,.jpg

Os imigrantes poloneses chegaram ao Paraná em 1871 e estabeleceram-se em várias regiões do Estado.

Em Curitiba, formaram a maior colônia polonesa no Brasil. Constituíram núcleos coloniais em áreas dos atuais bairros de Pilarzinho, Abranches em 1873 e outros atuais municípios da região metropolitana, como: Colônia Murici / São José dos Pinhais; Araucária; Campo Magro e Campo Largo.

Dedicaram-se à agricultura e até hoje contribuem com produtos hortigranjeiros abastecendo a grande Curitiba.

Inicio do passeio no Bairro Pilarzinho, na “Cruz do Pilarzinho”, onde está fixada uma placa “Aqui começou a Curitiba Polonesa”, 1871–2016=145 anos da imigração.

A cruz do Pilarzinho é um monumento histórico que os primeiros colonizadores usavam como símbolo de conquista, posse de terra e sinal da fé cristã.

Visita ao Bosque do Papa João Paulo II, Memorial Polonês e o Portal, Estátua de Nicolau Kopernik, Museu do Olho (figura de um olho), Pedreira Paulo Leminski e Ópera de Arame, Parque Tanguá, Igreja Santo Estanislau (domingos um missa em polonês), centro histórico – Largo da Ordem, Estátua “A Mãe – Amor Materno”, do artista polonês João Zago, no Jardim Botânico (homenagem da comunidade polonesa a todas as Mães, pelos 300 anos de Curitiba). O Semeador do mesmo artista, na praça Eufrásio Correa. Rua 24 horas e muito mais.

Seguindo por estradas rurais até Campo Magro, almoço típico polonês. Passeio panorâmico na cidade de Araucária. Visita panorâmica na cidade de São José dos Pinhais, e continuando pelo Caminho do Vinho – Colônia Murici.  Finalizando com um café colonial, típico polonês.